Instagram

Beleza

Porque será que, à medida que envelhecemos, vamos ficando todas loiras?

Somos, constantemente, bombardeadas com publicidade para cobrir os cabelos grisalhos, ao passo que, o mesmo cabelo grisalho num homem, confere-lhe imenso charme. Afinal, porque é que não nos permitem envelhecer da maneira que queremos? Seja pintando o cabelo ou assumindo os brancos? Cada vez mais, na sociedade em que vivemos, devemos ser nós próprias a tomar o comando das nossas vidas e a fazer o que nos apetecer, o que nos faz sentir bem. Mesmo que isso implique que usemos o cabelo cor de rosa. Porque não?

Por causa dessa pressão em que vivemos, as mulheres, de uma maneira geral, tendem a cobrir os brancos e, à medida que eles vão aumentando, a tinta vai ficando cada vez mais clara, chegando, por vezes, ao louro platinado. Mulheres que nos habituámos a ver morenas, de cabelo escuro, começam a surgir com os cabelos cada vez mais claros. Obviamente que, quanto mais claro for o tom de cabelo, menos se notam as raízes. Mas… se há mulheres a quem o louro fica bem, outras nem tanto. Também eu tenho esse problema das raízes porque apesar de ter nascido loura, os brancos foram aparecendo e lá fui eu recorrendo à tinta. Mas confesso que também já tenho pensado em deixá-lo crescer da minha cor natural.

Afinal, porque não assumir os cabelos brancos? Mulheres como a Jamie Lee Curtis, a Helen Mirren, a Judy Dench, a Glen Close, a fantástica Carmen Dell’Orefice ou como a nossa Lídia Franco assumem os brancos, ficam maravilhosas e não deixam de ser mulheres cheias de charme por causa disso. Já para não falar das vantagens de manter o cabelo da cor natural: deixamos de ser escravas das raízes e marcamos pela diferença. 

É, com certeza, algo ousado e moderno. Mas atenção: para serem bonitos, os cabelos grisalhos também requerem uns certos cuidados, nomeadamente, um champô e um creme especiais para cortar o amarelo que esses cabelos tendem a adquirir.

Hoje em dia o cabelo cinza está na moda. Até as mulheres jovens o usam. Veja-se o caso da Pink, da Lady Gaga, por exemplo. 

Contudo, esta não é uma transição fácil para quem costuma pintar o cabelo. Assim, aqui vão duas dicas:

  • A mais rápida é cortar o cabelo muito curto para que possa ir crescendo da cor natural. É certo que nem todas estamos preparadas para o fazer, mas o querer é poder;
  • Outra técnica é, em vez de retocar as raízes, comece a fazer madeixas muito claras para ir matizando a cor natural até ficar uniforme. É um processo lento, mas também faz com que se vá habituando ao novo visual.

De qualquer modo, pintando ou assumindo os cabelos brancos, o importante é que se sinta bem na sua pele e que seja fiel à sua personalidade.

  • Reply
    Maria Helena Ingenhutt
    30 de Março, 2019 at 19:28

    Verdade! O que importa é que nos sintamos bem “na nossa pele”. Eu nem tento essa sugestão de deixar os brancos serem protagonistas, continuo a fazer madeixas louras, gosto do contraste e sinto-me bem!
    Quero aqui deixar uma curiosidade. Fizémos ginástica aplicada e paralelas assimétricas no Lisboa Ginásio Clube. Mais tarde fomos colegas de turma na Cambridge School em aulas de alemão. Depois estivemos juntas no concurso de Miss Portugal e por fim cruzamo-nos várias vezes no pátio do Colégio Moderno onde também os meus filhos estudara.
    Claro que acompanhei sempre com curiosidade a sua carreira no teatro e recordo alguns momentos hilariantes com o Herman.
    Parabéns por uma vida tão rica.
    Também me chamo Helena. Se quiser ver-me, não acredito que me reconheça, estou no FB como Helena Ingenhutt.
    Felicidades para este blog.
    Abraço 🙂

Leave a Reply